conecte-se conosco


Tecnologia

Publicado

source

Olhar Digital

celular arrow-options
shutterstock

Agora vai dar para ver as multas de trânsito pelo aplicativo para celular


A nova versão da Carteira Digital de Trânsito (CDT) foi inaugurada nessa segunda-feira (18) pelo Departamento Nacional de Trânsito ( Denatran ), órgão relacionado ao Ministério da Infraestrutura. O lançamento ocorreu em São Paulo, durante a abertura do Salão Duas Rodas e entre as novidades do aplicativo está a possibilidade de consultar infrações registradas no nome do condutor , receber alertas sobre quando a CNH estiver próxima do vencimento e notificações para o motorista em caso de ” recall” do automóvel.

O aplicativo que já incluía a CNH Digital e o documento veicular ( CRLV ), foi desenvolvido pelo Serpro e está disponível na App Store e no Google Play . “Essa nova CDT é o primeiro marco de um projeto maior para aproximar o Governo Federal do cidadão. Vamos fazer isso transformando a CDT numa plataforma de serviços, facilitando o acesso à informação e o controle que o cidadão vai ter sobre os seus documentos e veículos”, afirmou o secretário Nacional de Transportes Terrestres, Marcello da Costa.

Leia mais:  Ter uma casa conectada e inteligente é mais fácil do que se imagina

Leia também:  Carteira de Trabalho Digital já está valendo; tire suas dúvidas

A Carteira Digital de Trânsito já está em sua “terceira evolução”, de acordo com o secretário. Afinal, desde agosto de 2018 o CRLV ganhou uma versão digital e se juntou a CNH , que estava disponível virtualmente desde maio de 2017 quando os documentos começaram a ser emitidos com QRCode.

Portanto, qualquer motorista brasileiro que possui carteira de habilitação emitida após maio de 2017 pode usar a versão digital do documento. A carteira digital vale tanto quanto o documento em papel e o aplicativo pode ser usado sem internet, desde que o usuário tenha feito o download dos documentos para seu aparelho. Caso a CNH tenha sido emitida antes de 2017 também é possível integrar o aplicativo , mas para isso é necessário solicitar uma nova via da carteira de motorista.

Leia também: Biometria: TSE permite que eleitores registrem suas digitais por aplicativo

Atualmente, a nova versão da CDT permite ao condutor receber informações sobre seus pontos e multas. Porém, para 2020 o governo prevê uma interação com o aplicativo Sistema de Notificação Eletrônica (SNE), implementando uma funcionalidade que permite que o motorista pague suas multas pelo programa com até 40% de desconto .

Leia mais:  Após protagonizar “desafio Bird Box”, YouTube proíbe vídeos perigosos

O objetivo do aplicativo é se aproximar da população e promover melhorias na segurança no trânsito, sobretudo pelo recurso das notificações de “recall” que permite que montadoras acionem os condutores em caso de necessidade de reparo do carro. No Brasil, dos 10 milhões de recalls registrados pelo Denatran, apenas 43% são realizados.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

Ok, Google! Nubank, Rappi, iFood e Banco do Brasil chegam ao Assistente

Publicado

por

source

Olhar Digital

google assistente arrow-options
Unsplash

Google Assistente ganha novos recursos


Desde quarta-feira (05) o Google Assistente começou a reconhecer marcas como Banco do Brasil, Nubank, iFood e Rappi . Desta maneira, o assistente virtual pode realizar serviços bancários e de delivery, sendo possível efetuar desde uma transferência bancária até mesmo pedir uma refeição via comando de voz.

Além de ter acesso ao Google Assistente , é necessário possuir o aplicativo em que se gostaria de realizar o serviço baixado. O passo a passo ainda é o mesmo de outras operações com o assistente e basta dizer “Ok, Google…” e completar com o que você deseja fazer. No caso do iFood ou Rappi é possível falar, por exemplo: “Ok Google, acompanhar meu pedido no (aplicativo)” que a tela será direcionada para o mapa de rastreamento do delivery do programa.

Leia também: Você diz ‘por favor’ à assistente virtual?

Com o Nubank e Banco do Brasil , o recurso torna possível realizar transferências bancárias , consultas de saldos de conta, faturas de cartão de crédito e pagamentos. A lógica é a mesma dos aplicativos de comida, sendo apenas necessário falar “Ok Google, quero ver o saldo no (banco)”, por exemplo.

Leia mais:  Vazamento de dados: site de notas fiscais de mais de 60 municípios fica exposto

A parceria entre Google Assistente e essas empresas parece ser o começo de uma ampliação para outros segmentos. “Em um primeiro momento, contamos com esses quatro parceiros, mas reforçamos que é uma tecnologia aberta, que qualquer desenvolvedor de aplicativos no sistema Android poderá implementar em seus serviços”, afirma Walquiria Saad, líder de parcerias de produto para o Google Assistente no Brasil, por meio de nota divulgada à imprensa.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas