conecte-se conosco


Tecnologia

Publicado

source

Olhar Digital

aplicativos arrow-options
shutterstock

Aplicativos nativos do Android apresentam vulnerabilidades


Um estudo divulgado pela Kryptowire, empresa especializada em segurança digital , afirma que 146 vulnerabilidades foram encontradas em aplicativos que vêm pré-instalados no sistema  Android  de 29 fabricantes de celulares, entre elas a Asus , Samsung e Xiaomi .

A pesquisa foi financiada pelo Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos. O estudo encontrou aplicativos que estão alterando configurações do smartphone sem permissão , gravando áudios de forma secreta e concedendo permissões de forma autônoma sem o consentimento do usuário.

Leia também: Celulares podem ser invadidos através de vídeo no WhatsApp; saiba como evitar

Angelos Stravou, CEO da Kryptowire, diz que a maior parcela de culpa é do Google , afirmando que a empresa tem o maior poder para demandar mudanças das fabricantes. “O Google pode exigir uma análise mais minuciosa dos códigos e da responsabilidade do fabricante pelo software contido nos produtos que entram no ecossistema do Android . Os legisladores e criadores de políticas deveriam demandar que as empresas sejam responsabilizadas por colocar a segurança e a informação pessoal dos usuários em risco”.

Leia mais:  Robôs sexuais são confundidos com pessoas; entenda como é produzido o design

Desde o ano passado, o Google lançou um sistema chamado Build Test Suite (BTS) para identificar aplicativos pré-instalados potencialmente perigosos em versões personalizadas do Android para dispositivos fornecidos com seus serviços. A própria empresa explica em seu relatório “Android Security 2018 Year in Review”, lançado no início de março:

“As OEMs (fabricantes) enviam suas imagens de compilação novas ou atualizadas ao BTS. O sistema então executa uma série de testes para procurar e identificar problemas de segurança. Um desses testes de segurança verifica as aplicações potencialmente danosas pré-instaladas incluídas na imagem do sistema. Quando encontrada, trabalhamos com o parceiro OEM para corrigir e remover o problema da construção antes que ele possa ser oferecido aos usuários”, explica o Google.

Leia também: Falha grave de segurança atinge o Linux; veja como se proteger

Mas, apesar dessas verificações de segurança , os aplicativos maliciosos continuam aparecendo, como evidenciado pela pesquisa de Kryptowire. 

Os apps considerados perigosos, encontrados pela equipe da Kryptowire, são pequenas peças de software , geralmente sem uma marca por trás, mas que são encontradas em smartphones de grandes fabricantes.

Leia mais:  Samsung deve lançar celular com bateria que carrega em menos de 30 minutos

Esses apps costumam ser bem difícieis de remover. Eles são mais perigosos do que aqueles baixados pelos próprios usuários, já que têm mais liberdade para operar as funções do smartphone .

Em 2017, na conferência de segurança digital Black Hat, a Kryptowire apontou vulnerabilidades similares em smartphones de baixo custo da Shanghai Adups Technology.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

Ok, Google! Nubank, Rappi, iFood e Banco do Brasil chegam ao Assistente

Publicado

por

source

Olhar Digital

google assistente arrow-options
Unsplash

Google Assistente ganha novos recursos


Desde quarta-feira (05) o Google Assistente começou a reconhecer marcas como Banco do Brasil, Nubank, iFood e Rappi . Desta maneira, o assistente virtual pode realizar serviços bancários e de delivery, sendo possível efetuar desde uma transferência bancária até mesmo pedir uma refeição via comando de voz.

Além de ter acesso ao Google Assistente , é necessário possuir o aplicativo em que se gostaria de realizar o serviço baixado. O passo a passo ainda é o mesmo de outras operações com o assistente e basta dizer “Ok, Google…” e completar com o que você deseja fazer. No caso do iFood ou Rappi é possível falar, por exemplo: “Ok Google, acompanhar meu pedido no (aplicativo)” que a tela será direcionada para o mapa de rastreamento do delivery do programa.

Leia também: Você diz ‘por favor’ à assistente virtual?

Com o Nubank e Banco do Brasil , o recurso torna possível realizar transferências bancárias , consultas de saldos de conta, faturas de cartão de crédito e pagamentos. A lógica é a mesma dos aplicativos de comida, sendo apenas necessário falar “Ok Google, quero ver o saldo no (banco)”, por exemplo.

Leia mais:  75% dos brasileiros usam aplicativos de redes sociais em seus celulares

A parceria entre Google Assistente e essas empresas parece ser o começo de uma ampliação para outros segmentos. “Em um primeiro momento, contamos com esses quatro parceiros, mas reforçamos que é uma tecnologia aberta, que qualquer desenvolvedor de aplicativos no sistema Android poderá implementar em seus serviços”, afirma Walquiria Saad, líder de parcerias de produto para o Google Assistente no Brasil, por meio de nota divulgada à imprensa.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas