conecte-se conosco


Carros e Motos

Primeiro Aston Martin elétrico, com 600 cv, será o mais novo carro de James Bond

Publicado


Aston Martin Rapide E: Sem abandonar a classe de James Bond, traz desempenho digno de supercarro, mas sem poluição
Divulgação

Aston Martin Rapide E: Sem abandonar a classe de James Bond, traz desempenho digno de supercarro, mas sem poluição

A relação entre a Aston Martin e James Bond é histórica. Apesar de um BMW Z3 aqui e outro Z8 ali, ou uns modelos da Bentley e Lotus, além de Mustang e alguns esportivos, o clássico DB5 é o carro mais marcante do agente 007. Para dar continuidade aos modelos da marca inglesa nos filmes de Bond,  no dia 8 de abril de 2020, o público verá a mais nova criação da fabricante de GTs, o Rapide E, com motor elétrico. 

LEIA MAIS: 5 carros que Roger Moore usou nos filmes como agente 007

Apesar de faltar ainda um ano, já se sabe como serão alguns dos detalhes do Aston Martin Rapide E. Serão apenas 155 unidades produzidas, com preços ainda não revelados. Entre os carros elétricos, o novo automóvel de James Bond é um dos que garantirá mais eficiência, principalmente quando se pensa proporcionalmente à sua categoria.

Leia mais:  Harley-Davidson SportGlide: duas em uma

LEIA MAIS: Veja os 5 carros mais famosos do cinema

Poderá rodar até 320 km antes da próxima recarga, enquanto poderá acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 4 segundos e chegar aos 250 km/h. Tudo isso graças aos seus dois motores elétricos, projetado em parceria com a equipe Williams da Fórmula 1, que com uma bateria de 64 kWh, produzem juntos 600 cv e 96,8 kgfm, números encontrados em superesportivos.

LEIA MAIS: Aston Martin DB5: veja os truques do carro mais conhecido de James Bond

As gravações do 25º filme da franquia 007 devem começar em julho, e tem como uma das principais cidades Matera, no Sul da Itália. Trata-se do último filme de Daniel Craig como o agente secreto à serviço da Sua Majestade James Bond, após Cassino Royale, Quantum of Solace, Operação Skyfall e Spectre.

LEIA MAIS: 10 filmes de carros que marcaram a história do cinema mundial

Revolucionário como o 1º Aston de James Bond


Sean Connery, o primeiro James Bond, conquistava as telas com o seu Aston Martin DB5 super equipado
Divulgação

Sean Connery, o primeiro James Bond, conquistava as telas com o seu Aston Martin DB5 super equipado

Já citado aqui na matéria, o lendário DB5 se transformou em um ícone do agente secreto, desde que surgiu no filme “Goldfinger” (1964). A versão original vem com motor de seis cilindros em linha, de 4 litros e 282 cv, acoplado ao câmbio manual de cinco marchas, feito pela alemã ZF. Além de muito caro e exclusivo, era um dos mais velozes de sua época, capaz de superar os 230 km/h e chegar aos 100 km/h em menos de 8 segundos.

Leia mais:  Honda lança linha 2019do scooter PCX a partir de R$ 11.620

LEIA MAIS: Este Aston Martin DBS foi encontrado após 30 anos de abandono

Entre os truques que instalaram no DB5 de 007, estão jatos de óleo e fumaça para despistar quem ousar em perseguir o cupê, metralhadoras escamoteáveis e o famoso banco do passageiro ejetável. Inclusive, houveram também, cenas em que era servido champagne à James Bond . Veremos como será o novo Aston Martin Rapide E. Revolucionário certamente será, mas conseguirá.

Comentários Facebook
publicidade

Carros e Motos

Para evitar infração, Renault “muda” poder de personagem de “Caverna do Dragão”

Publicado

por


Renault Kwid Outsider
Reprodução/Youtube

Imagem do comercial do Renault Kwid Outsider mostra cinco ocupantes dentro do carro graças à invisibilidade de Sheila

A repercussão do filme publicitário do Renault Kwid Outsider foi positiva para a marca francesa, que escolheu como tema a animação ” Caverna do Dragão “, lembrado por tantas gerações e baseada nos jogos de RPG ” Dungeros & Dragons “, sucesso dos anos 70 aos 90.

LEIA MAIS: Renault Kwid Outsider ganha novo comercial inspirado em “Caverna do Dragão”

Mas, entre as cenas mostradas da boa peça publicitária, talvez pouca gente tenha notado que, para não aparecer uma infração de trânsito, a Renault  alterou os poderes de uma das personagens, Sheila, a ladra do grupo. Na trama, seu manto a torna invisível, mas na peça publicitária, a ideia foi que a adolescente ficasse imaterial, desaparecendo por completo, a ponto de dar lugar a mais um passageiro dentro do Kwid.

 LEIA MAIS: Demos uma volta no Renault Kwid Outsider, nova versão com apelo aventureiro

Leia mais:  Honda lança linha 2019do scooter PCX a partir de R$ 11.620

Se não fosse isso, seis pessoas estariam viajando a bordo do carro da Renault , que foi homologado para levar até cinco ocupantes. No final do filme, porém, quando o carro é teletransportado para a cidade e os personagens saem do veículo, voltam a aparecer os seis integrantes: Hank, Eric, Diana, Sheila, Presto e Bobby. Confira abaixo o vídeo:




Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas