conecte-se conosco


Entretenimento

Mel Lisboa diz que Fábio Assunção é “tão adorável” que chega a dar “raiva”

Publicado

Estrela em “Dogville”, espetáculo em cartaz em São Paulo, Mel Lisboa comentou sobre a boa relação com seu parceiro de cena no teatro, Fábio Assunção. Em entrevista ao CanAlvaro, de Alvaro Leme, no Youtube, a atriz revelou que o colega é uma pessoa muito bem humorada.

Leia também: Minas Gerais Maria Casadevall é a estrela da série “Coisa Mais Linda”, da Netflix


Mel Lisboa e Fábio Assunção em cena da peça Dogville
Divulgação

Mel Lisboa e Fábio Assunção em cena da peça Dogville


“O Fábio é demais, ele é uma pessoa adorável. É impossível você não gostar dele, dá até raiva. Porque tem vezes que eu fico brava e não posso olhar para a cara dele, para conseguir me manter brava, porque se eu olho, eu falo ‘Ah, tá bom, Fábio’”, disse Mel Lisboa , aos risos.

Emendando um trabalho no outro desde quando seu primeiro filho nasceu, há dez anos, a estrela ainda revelou que escolheu não ter contrato fixo com nenhuma emissora de televisão.

“Faz muito tempo que eu não faço TV aberta, novela. É uma coisa enraizada na cabeça das pessoas a cultura das telenovelas, foram décadas e décadas de um domínio mesmo. Mas, de uns tempos pra cá, as coisas estão mudando com os canais da internet, os streamings e várias outras opções”, apontou.

Leia mais:  Eliminado do “BBB 19”, Maycon fala sobre polêmicas: “O peixe morre pela boca”

Leia também: Mel Lisboa não se arrepende de deixat TV por musical no teatro

E por falar em streaming, a loira ainda comentou sobre sua personagem da série “Coisa Mais Linda”, que estreia ainda este mês na Netflix. “A Thereza é uma mulher muito à frente do tempo dela. Trabalha, é escritora, vive num casamento aberto com o marido dela e foi amiga de Simone de Beauvoir, morou em Paris, na França. Chiquérrima”, afirmou.

A série se passa no fim dos anos 50 e retrata a vida de Maria Luiza (vivida por Maria Casadevall), Lígia (Fernanda Vasconcellos), Adélia (Pathy de Jesus) e Thereza, no Rio de Janeiro.

Sobre a proximidade de completar 40 anos de vida, a celebridade disse que não vê nenhum tipo de preocupação com o assunto. “Estou em uma das melhores fases da minha vida. Eu gosto da maturidade, de ter mais sabedoria, de ter mais calma. De uns anos pra cá comecei a me preocupar em me alimentar bem, o que eu como é fundamental. Sou vegetariana há dois anos, parei de comer todos os tipos de bicho”, declarou.

Leia mais:  Fernando Rocha fala de saída da Globo e adeus ao “Bem Estar”: “Nada foi em vão”

Leia também: Famosos defendem Fábio Assunção nas redes sociais


Mel Lisboa bate um papo com Alvaro Leme
Divulgação

Mel Lisboa bate um papo com Alvaro Leme

“Já tive muita paranoia em engordar. Desde a minha adolescência, ainda mais quando comecei a fazer televisão. Naquela época não existia essa consciência de aceitar seu corpo, movimentos contra gordofobia, movimentos para se aceitar, de amar seu corpo. Só me curei dessa paranoia depois de engravidar do Bernardo. Entendi que, na verdade, não precisava ter me preocupado com isso com a intensidade com que eu me preocupava”, encerrou.

Dogville, com Mel Lisboa e Fábio Assunção , está em cartaz no Teatro Porto Seguro. Sextas e sábados, às 21h e, nos domingos, às 19h.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Dia da Toalha: veja o que dá orgulho aos nerds em 2019

Publicado

por

Neste sábado (25) é comemorado o Dia do Orgulho Nerd . A data foi escolhida inicialmente para homenagear Douglas Adams, criador do “Guia do Mochileiro das Galáxias”, bem como a estreia do primeiro “Star Wars” em 1977.


montagem com personagens de vingadores, stranger things e shazam
Divulgação

Dia do Orgulho Nerd

De um jeito ou de outro, o Dia do Orgulho Nerd serve para os geeks celebrarem os acontecimentos pop que eles mais amam. Na última década, porém, muito mudou em relação ao mundo geek e, o que antes era considerado de nicho e muitas vezes criticado, hoje virou pop e é apreciado por um grupo cada vez maior de pessoas.

As HQs ganharam as telas de cinema e os videogames também. A Terra Média virou ponto de visitação na Nova Zelândia, e os ídolos de Hollywood abraçaram seu lado nerd. Com o passar dos anos a cultura geek foi crescendo e se diversificando e, em 2019, há muito para se orgulhar. Por isso selecionamos oito coisas que trazem orgulho para os nerds:

  • “Vingadores: Ultimato”

cena de vingadores ultimato
Divulgação

Dia do Orgulho Nerd

O que mais dá orgulho para os geeks do mundo todo do que ver os heróis, antes limitados às páginas de HQs, ganharem o cinema e fãs ao redor do mundo? Com a maior bilheteria do ano e uma das maiores da história , “Vingadores: Ultimato” é a maior prova de que ser nerd virou pop.

  • “Stranger Things”

personagens de stranger things fantasiados de caça-fantasmas
Divulgação

Dia do Orgulho Nerd

A série, além de ter como protagonistas quatro nerds de carteirinha, explora muitos temas do universo, como games, filmes, cosplay e, vez ou outra, o Mundo Invertido. A série é geek, mas também homenageia os geeks dos anos 1980 com louvor.

  • CCXP

jake gyllenhaal acena para o público na ccxp 2018
CCXP/ I Hate Flash

Jake Gyllenhaal

Considerado um evento de “ cultura pop ”, ele tem suas raízes no geek. Há 20 anos, talvez esse tipo de evento jamais existisse por aqui, principalmente na proporção que tem hoje. Mas a propagação de temas considerados nerds para fora desse nicho fez com que o evento fosse concorridíssimo e atraísse pessoas do Brasil inteiro. A CCXP também segue o modelo da Comic Com de San Diego, nos EUA, que começou bem menor do que é hoje.

  • DC nos cinemas
Leia mais:  Após sete anos, Shakira anima São Paulo com show repleto de hits

cena de aquaman
Divulgação

“Dia do Orgulho Nerd

Enquanto Batman já ganhou diversas adaptações com olhares distintos a partir de seus diretores, a Warner não costumava dar muita sorte em outras versões para o cinema das HQs da DC. Mas, nos últimos anos isso tem mudado e filmes como “Aquaman”, de 2018 e “Shazam”, de abril de 2019, mostram que finalmente os fãs têm do que se orgulhar no que diz respeito aos maiores heróis dos quadrinhos.

  • Batman

batman de adam west
Divulgação

Dia do Orgulho Nerd

Por falar em DC, 2019 é um ano importante para a editora, já que seu principal herói faz aniversário. A primeira aparição do Homem-Morcego nos gibis, criação de Bill Finger e Bob Kane, foi em 1939, 80 anos atrás. No cinema, o herói já foi vivido por Michael Keaton, George Clooney, Val Kilmer, Christian Bale e Bem Affleck, enquanto na TV foi eternizado por Adam West.

Agora, o nome de Robert Pattinson é o mais cotado para assumir o herói , que vive sua fase mais difícil no cinema. Ainda assim, ele segue sendo um dos principais heróis na memória popular, e com o histórico mais rico no além das HQs.

  • “Homem-Aranha no Aranhaverso”

cena de homem aranha no aranhaverso
Divulgação

Dia do Orgulho Nerd

Versões animadas dos quadrinhos não são novidades, e filmes do gênero são lançados com certa frequência. Mas nenhum deles tem a mesma repercussão que live-actions e, com certeza, nenhum chegou tão longe quanto “Homem-Aranha no Aranhaverso”, que além de terminar 2018 como um dos melhores filmes do ano, levou o Oscar de Melhor Animação, superando sucessos da Pixar como “Os Incríveis 2” e “Wi-fi Ralph”.

  • Netflix
Leia mais:  SBT ressuscita slogan da Ditadura para celebrar governo Bolsonaro

cena de the umbrella academy
Divulgação

Dia do Orgulho Nerd

Ok, ok, “Stranger Things” é da Netflix. Mas o streaming merece ser reconhecido no geral por que sempre apostou no universe geek em suas produções, e continua fazendo isso. Com a Marvel eles desenvolveram seis histórias distintas, que chegaram ao fim somente por conta do novo streaming da Disney.

Ainda assim, eles não desistiram de desenvolveram produtos com esse público em mente e, em 2019, laçaram “Umbrella Academy”, adaptada da HQ escrita por Gerard Way, que já tem segunda temporada confirmada. Além disso, eles assinaram um contrato com o selo Dark Horse que lhe dá prioridade sobre os títulos publicados no futuro. Ou seja, a plataforma segue com os geeks em mente e continua pensando suas produções para esse público.

  • Representação nerd

cena de the big bang theory
Divulgação

Dia do Orgulho Nerd

Por fim, um bom motivo para comemorar é o próprio “status” do nerd. De “Scott Pilgrim Contra o Mundo”, passando pela recente “Future Man”, “Stranger Things” e “Big Bang Theory”, a representação do nerd na cultura popular mudou muito.

John Hughes e muitos outros criadores de comédias românticas costumam dedicar um papel ao nerd, mas normalmente ele era sempre mostrado de forma pejorativa. Isso é cada vez mais raro e o nerd – que nada mais é do que um grupo de pessoas com interesse em histórias com raízes mágicas ou místicas, fantasias e aventuras que, na verdade, agradam muita gente.

Leia também: 2019 terá retorno de fenômenos culturais e séries novas promissoras

Por isso, o Dia do Orgulho Nerd é uma celebração para esse grupo, mas também sobre esse grupo, e sua contribuição crescente para a cultura pop.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas